gastronomiaverde.com.br

    LOADING
    O Estado de São PauloO GloboCanal FuturaTV BrasilSuper InteressanteNational Geographic

Homens que gostam de comida apimentada, tem testosterona mais alta, diz estudo

Comer alimentos picantes e encarar pimentas fortes sempre foi tido como sinal de virilidade, "coisa de macho". Agora, um estudo comprova cientificamente que os homens adeptos dos temperos mais ardentes têm mesmo um nível mais alto de testosterona, o hormônio masculino. 

A pesquisa, publicada na revista "Physiology and Behaviour", analisou 114 homens com idade entre 18 e 44 anos. Eles foram convidados a ingerir amostras de purê de batatas com molho de pimenta e outra amostra com apenas sal para avaliar o tempero da refeição.

Quando as amostras de saliva foram conferidas, verificou-se que os homens que espontaneamente consumiram maiores quantidades de molho de pimenta tinham níveis mais elevados de testosterona. No entanto, não havia nenhuma ligação entre o hormônio e a quantidade de sal ingerida.

Maiores quantidades de testosterona estão ligadas a características que definem o típico macho "alpha", tais como a agressão, imprudência e uma grande energia sexual. Mas a explicação de cientistas da Universidade de Grenoble é que excessos do hormônio fazem o homem assumir comportamentos de riscos financeiro, sexual e comportamental. No caso desta pesquisa, risco de gosto alimentar.