gastronomiaverde.com.br

    LOADING
    O Estado de São PauloO GloboCanal FuturaTV BrasilSuper InteressanteNational Geographic

A ausência de Chef Negros no Brasil é sinal de quê na gastronomia brasileira ?

Enquanto a gastronomia americana apresenta diversos Chefs negros em destaque, como os mostrados no conjunto de fotos da matéria,  a gastronomia brasileira não tem nenhum com a mesma evidência ou presença em tv. Seria sinal de quê ? Há algumas possibilidades para este suposto diagnóstico.

 

Em primeiro lugar, um claro sinal da maior dificuldade de mobilidade social dos profissionais negros de qualquer área no Brasil em comparação com os Estados Unidos. Mas nos Estados Unidos os conflitos raciais não são maiores ? Hipoteticamente sim, porém são menos mascarados e não são colocados para baixo do tapete, um procedimento importante para a sociedade avançar para a frente e saber como reparar.

O Brasil tem optado pelas cotas, como uma providência momentânea para compensar um país como nosso que foi um dos últimos do mundo a abolir a escravidão. Porém cotas só é possível em órgãos públicos.

Em segundo lugar, a gastronomia no Brasil está vinculada à alta gastronomia e restaurantes elitizados por bairros e preços, normalmente os chamados de mais nobres e mais caros. Será que negros sonham em estar como protagonistas nestes locais ? Será que percebem que seriam bem acolhidos ou não ?

Porque para ocupar este espaço social e profissional é preciso sonhar com ele, é preciso ambicionar a estar lá, chegar lá.

Ou será que por ora então, os negros confortam-se em estar na posição de cozinheiros e cozinheiras, em estarem como auxiliares ou em restaurantes menores e por quilo ?

Não há um estudo sobre esta questão.

A certeza é que os sabores brasileiros perdem singularidade com esta ausência de chefs negros. Cada grupo social carrega para seu trabalho, sua arte e sua inspiração suas raízes culturais e étnicas. Tudo isso reflete-se nos aromas e no paladar, especialmente em um país como o Brasil onde a herança afro é forte e importante.

 

Sergio Lerrer

Publisher do Portal Gastronomia Sustentável